LYRIC

Os bias-frias
Quando tomam umas biritas
Espantando a tristeza
Sonham com bife a cavalo, batata-frita
E a sobremesa
Goiabada casco, com muito queijo
Depois caf, cigarro e um beijo
De uma mulata chamada Leonor ou Dagmar…
Amar
O rdio de pilha, o fogo Jacar
A marmita, o domingo, o bar
Onde tantos iguais se renem contando mentiras
Pra poder suportar
Ai, so pais-de-santo, paus-de-arara, so passistas
So flagelados, so pingentes, balconistas
Palhaos, marcianos, anibais, lrios pirados
Danando, dormindo de olhos abertos
Sombra da alegoria dos faras embalsamados

Added by

Admin

SHARE

Your email address will not be published. Required fields are marked *

ADVERTISEMENT